Untitled.

Ele foi a pessoa mais fofa do mundo.

Ele foi o mais dócil, meigo e gentil.

Ele foi um exemplo de bondade e perdão.

Ele soube sofrer calado.

Ele foi um exemplo de perseverança e fé.

Ele me mostrou porque viver.

Ele sempre esteve presente quando precisei.

Ele me abraçava como ninguém mais fazia e me beijava doce e suavemente.

Ele reclamava da minha mão fria.

Ele competia comigo na hora de comer.

Ele me ensinou tudo que podia, fez tudo que podia e, em troca, eu só tive que amá-lo.

Não me imagino olhando para os lados agora.

Não sei mais o que fazer quando ficar triste, ou quando ficar feliz, ou quando ficar sozinha.

Tudo que eu tenho agora são lembranças de um homem que existiu.

Um homem que veio à Terra em 10/01/1923 e a deixou em 22/02/2010.

Um homem que eu tive a graça de poder chamar de vô.

Eu sempre vou te amar. Sempre. Onde quer que o senhor esteja.

Porque o senhor é a minha coisinha fofinha e lindinha que eu não consigo desgrudar *-*

OBRIGADA.

É tudo que tenho a dizer.

De sua netinha fofinha e lindinha que sempre esteve ao seu ladinho,

Mayra.

*Uma homenagem ao Vô Paulo.

0 thoughts on “Untitled.

Comentários: