Meu estranho jeito de ser

Tenho amigos completamente diferentes e que não conseguiriam conviver uns com os outros, ajo diferentemente quando estou perto de cada um deles. Não é que eu seja falta, apenas preciso suprir todos os lados do meu cérebro. Acredito piamente que há um amigo para cada coisa, ou um grupo de amigos para cada coisa, o fato de você ser diferente perante cada um deles não demonstra falsidade ou hipocrisia, apenas uma grande capacidade de relativisar e se adaptar.

Sou apenas uma atriz que vive diversos personagens ao longo de 24 horas, para cada um posso ser algo completamente diferente, mas todas as “Mayras” existentes habitam o mesmo corpo, o meu corpo. Todas elas são eu em determinados momentos.

É completamente impossível determinar qual Mayra serei em tal dia, é instintivo e natural. Não acredito, porém que sejam personagens muito diferentes essencialmente, caso fossem determinariam um caso de dupla personalidade, bipolaridade ou alguma doença psquica mais complexa. Apenas tenho necessidade de habitar diferentes universos, com diferentes pessoas que têm diferentes atitudes.

Talvez você não concorde comigo as vezes, nem eu concordo, mas saiba que não importa qual personagem eu esteja propensa a interpretar em tal dia, sempre que um amigo de verdade precisar, estarei disposta ajudar. Se tem algo em que todas as Mayras concordam é que sem amigos a gente não é nada.

Comentários: