Ah… Chico

Por que você tem que fazer músicas tão lindas, letras tão poéticas, melodias tão maravilhosas e cantá-las com sua tão bela voz? Mereço eu ser torturada tanto assim?

Você, com esses olhos azuis e hipnóticos, levando-me a cada vez para mais perto de ti.

Por que tu tens que ser tão perfeito? Torna-se difícil encarar pessoas reais depois de ouví-lo balbuciar alguma de suas belas palavras bem em meu ouvido todas as manhãs.

Por que tu não podes ensinar outros a serem parecidos contigo? Tens de ser assim… tão exclusivo, tão distante? Por quê?

Ah, Chico… Como eu queria poder encostar em você, ouvir sua doce voz cantando direta e unicamente para mim, pelo menos uma vez na vida. Você que inspirou e inspira tanta gente, que mudou e muda tanta coisa que nunca ficou calado perante a nada, que sempre soube exatamente como colocar as palavras e como torná-las melódicas e significativas, ah Chico… Por que tu não podes ser um pouquinho mais palpável?

A Moça do SonhoAcorda AmorBeatrizCom Açúcar com AfetoConstruçãoCopo VazioE Se…Ela Faz CinemaEu te AmoFilosofiaFolhetimPedaço de Mim –  Retrato em Preto e Branco – Roda Viva – Romance – Sem Açúcar – Sem Você –  Sentimental –  Tanto Amar – Tantas Palavras – Tatuagem – Uma Palavra – Umas e Outras – Você Não Entende NadaViver do AmorVida 

0 thoughts on “Ah… Chico

Comentários: