BEDA #29 Des-elogio.

Existem elogios bacanas. Dizer que uma pessoa está bonita, que a roupa lhe caiu bem, que está com cara de contente e que o penteado/corte de cabelo valorizaram o rosto. Típicas coisas que todo mundo gosta. Assim como todo mundo gosta de elogios pelo seu modo de ser, de escrever, de arrumar as coisas, de falar, ou qualquer outra habilidade boa da pessoa. E existem elogios ruins.

Vim aqui reclamar de dois. Um deles é sobre maquiagem. É legal uma pessoa que quase nunca usa maquiagem ouvir um “nossa, como você ficou bonita” quando usa. Da mesma forma, é legal ouvir um “continua bonita”, quando você usa todos os dias e fica um dia sem. Mas não é legal chegar para uma pessoa que raramente usa maquiagem e dizer “fica bem mais bonita assim, devia usar mais” ou falar isso para quem usa sempre e passa um dia sem. Cada pessoa usa ou não maquiagem de acordo com sua percepção de si mesmo e ninguém tem nada a ver com isso! Maquiagem serve pra você se sentir melhor consigo mesma, cumprindo isso, tá ótimo.

O outro deselogio, esse ainda mais irritante, é o tal do “nossa, como você emagreceu”. É bom ouvir isso quando você tem uns quilos a mais e passa eras da sua vida tentando controlar isso, comendo coisas esquisitas e se exercitando loucamente. É sinal do reconhecimento do seu esforço. Ok. Agora, ouvir isso sendo que pra você é normal ter quilos a mais, não te incomoda e você não mexe uma unha sequer para mudar isso, acaba surtindo o efeito contrário. Se a pessoa não se percebe como gorda, ao ouvir um “você emagreceu”, começa a se perceber e se sente mal. Só que esse deselogio pode ficar ainda pior. Quando é o caso de chegarem para uma pessoa magra e dizerem “nossa, você emagreceu”. Nunca conheci uma pessoa dessas magras de ruim e não magras-de-academia que fique feliz em saber que emagreceu mais. Pelo contrário, elas passam a vida inteira ouvindo dos médicos e dos pais que estão abaixo do peso e chegam a ficar contentes quando ganham alguns quilinhos. Aí chega uma pessoa infeliz e manda um “nossa, você emagreceu”, é a mesma coisa que chegar pra pessoa gorda que quer emagrecer e dizer “você deu uma engordada, hein?”. Não é legal. É irritante. Mesmo e principalmente porque a única pessoa que deveria ter interesse na sua massa corpórea é você mesmo!!!!! O que interessa se fulano emagreceu, engordou ou tá no mesmo peso?

Existem tantas coisas para se elogiar nas pessoas, pra que focar nessas tentativas falhas de se adequar a um padrão de beleza ultrapassado e mortífero? Aff.

One thought on “BEDA #29 Des-elogio.

Comentários: