Dignidade.

Eu tenho 15 anos e nunca beijei na boca, é.

Sabe, eu sempre tive um pouco de vergonha disso, até hoje.

Quer dizer… Por que somos obrigadas a ser tão precoce?

Por que temos que nos arrumar e estar sempre perfeitas para o caso de encontrar algum menino?

Eles nem ligam, poxa.

Eles nem reparam na sua roupa nova ou no seu esmalte.

Eles só querem te usar.

Sempre falam isso e dificilmente as pessoas acreditam, mas… Eu acredito.

Para mim, beijar alguém não deve ser assim uma coisa simples e normal, você tem que gostar da pessoa.

Não dá pra saber se você gosta de alguém, se você nunca viu a pessoa antes.

Por isso “ficar”, para mim, parece incorreto.

Talvez vocês me achem boba por ainda sonhar com um grande amor, mas eu não me acho boba por isso.

Talvez eu seja apenas um pouco inocente.

Mas… É uma questão de dignidade se manter firme perante às suas crenças, não importa quais sejam.

E convenhamos que é extremamente divertido dar foras.

E eu sei que agindo do jeito que eu ajo a probabilidade de encontrar alguém “decente” perante aos meus conceitos está cada vez menor.

Mas eu tenho muito tempo pela frente!

E tenho muito a amadurecer antes dessa decisão.

Afinal… Se eu nunca beijei a única pessoa que eu realmente amei, não tem chances de eu fazer isso com um desconhecido.

Portanto… Preservo minha inocência, minha dignidade, tudo. Continuo sendo uma elfa intocada.

E todas as vezes que eu gostaria de ser tocada, fecho os olhos e, hm… Só me lembro de você.

Se você se sentiria desconfortável em uma festa comigo, hm, eu me sinto desconfortável em qualquer festa, porque você está dentro de mim, me vigiando e me protegendo. E sempre será assim. Sempre. Porque eu sei que você nunca vai deixar algo ruim acontecer comigo! É. Você sempre vai me dar forças para lutar e para ser melhor.

Tá, sou uma idiota.

Não sei o que vim fazer aqui.

Hm, tchau.

Comentários: