Ego

1 – Como surgiu o nome do blog?

Quando eu criei esse blog não fazia ideia de que nome dar a ele e por isso o link era “amymuh” (meu apelido era amy e eu adoro vacas) e o nome era “Things That I Think” porque eu estava numa fase em que inglês era a coisa mais legal do mundo e porque o blog contava as coisas que eu pensava. Um belo dia acordei pra vida e vi que tudo isso era ridículo, então resolvi mudar de nome. Passei eras pensando e nada me veio em mente, até que encontrei “Ecoando Sonhos”. Mudei link, nome e layout do blog para isto e passei assim por dois dias. Então eu tive uma daquelas noites de sono bombásticas e acordei pensando “Sonhos o caramba, o nome do teu blog tem que ter algo a ver com aliens, afinal, você não acha que é um alien?” então eu sentei na frente do photoshop e fui tentar fazer um header, daí surgiu o nome “A Casa de um Alien”, mas como um link assim seria muito grande acabei reduzindo para “acdua”. Hoje eu adoro tanto o nome quanto o link e mais recentemente tenho morrido de amores pelo meu layout novo. Eu seria a alien – porque penso coisas que a maioria das pessoas nunca pensaria e tenho opiniões que deixam suma maioria da população mundial fula da vida – e esta seria a minha casa, porque é onde eu sento e escrevo o que me der na telha.

2 – Há quanto tempo o blog existe?

O ACDUA com este nome e link existe há um ano, mas a epopeia deste blog existe há três anos e pra mim não importa qual seja o nome, link, ou layout, a data de nascimento deste lugar sempre será 13/01/2010

3 – Como você divulga o blog?

Até ano passado eu não tinha muitos leitores, só as mafiosas me aturavam, então eu decidi que precisava de mais leitores porque a gente só escreve porque quer ser lido, então fiz uma fanpage pro blog no facebook, divulgo todos os posts no twitter e quando acho que eles ficaram MUITO bons divulgo também nos grupos de blogueiros dos quais faço parte no facebook. Fora isso eu, geralmente, sou uma comentadora nata, daquelas que se esforça ao máximo para comentar todos os textos novos de todos os blogs que gosta e isso faz com que as pessoas se sintam gratas e retornem o comentário – as vezes, claro.

4 – Quais assuntos tem mais visualizações?

Assuntos banais, aquelas coisas que eu escrevo quando tive um dia muito pensante e quero abstrair. Nada relevante ou com muito conteúdo, infelizmente.

5 – O que motivou você a criar um blog?

O meu primeiro blog, criado em 2008 e falecido foi criado para conversar sobre coisas que as pessoas da minha realidade não eram muito chegadas. O segundo, também em 2008 foi para escrever sobre minhas revoltas acerca da sociedade. O terceiro, em 2009 foi um diário que eu compartilhava somente com meus melhores amigos e contava tudo que sentia. Este, por sua vez, surgiu porque eu estava apaixonada e precisava expressar isso de alguma forma, nada melhor do que escrever poemas bobos em inglês e é disso que se trata o começo deste blog.

6 – Onde você mora?

Curitiba, Paraná.

7 – Quais são os objetivos do blog?

Falar o que me dá na telha sem ligar para o que as pessoas vão achar disso. Claro que eu gosto de comentários, mas não necessariamente de comentários que concordem com o que eu falo.

8 – Quais blogs você visita frequentemente?

Os do “Vale apena Ler”, com ênfase na máfia e ênfase maior no Minha Vida como ela É, So Contagious, Agora Moro na Lua, Ela Rafaela, Is The Top e Doces Rodopios.

9 – O que te inspira a criar os posts?

Desde um tropeço numa pedra na rua a um acidente nuclear num lugar que eu nunca tinha ouvido falar sobre, mas, normalmente, apenas aquela vontade de escrever sobre qualquer coisa. Quase nunca penso no assunto, geralmente apenas sento e escrevo.

10 – Qual sua idade?

18 anos, 8 meses e 6 dias.

11 – Além do blog, tem alguma outra ocupação? Se sim, qual?

Faço faculdade de Ciências Sociais na UFPR, participo de um projeto de iniciação à docência na mesma, sou editora e diretora de mídia do Amásia, leitora assídua, cinéflia incurável e chocolatra de nascença.

12 – O que mais gosta de fazer nos finais de semana?

Tudo. Dormir o dia inteiro enquanto passo a noite acordada vendo filmes/seriados, lendo, escrevendo, conversando, dançando ou simplesmente pensando mesmo. Sentir aquele marasmo básico do domingo a noite em que nada presta na televisão e você reza pra acabar, mas ao mesmo tempo quer que seja eterno porque segunda-feira é terrível. Eu amo finais de semana. Mesmo os que tenho que acordar cedo.

13 – Gosta de café?

Muito. Tomei pela primeira vez com dois anos e deixei esse gosto enterrado por um bom tempo, redescobri com nove anos, quando substituí o nescau diário por leite com café e assim fiquei por cerca de dois anos. Em seguida abandonei-o novamente. Atualmente tomo leite com nescau E café sempre que posso, mas quando não tem café vai só o leite com nescau mesmo. Todo fim de tarde tem “café da tarde” na minha casa e eu sempre tomo uma xícara pelo menos e recentemente descobri a belezura dos cafés mais elaborados e tento fazê-los às vezes. Eu gosto de café pelo gosto do café e me frustra saber que ele me deixa acordada porque se isso não ocorresse eu certamente ingeriria em maior quantidade.

14 – Pretende fazer algo para o blog em 2013?

Escrever só o que eu acho útil. Foi por isso que sumi. Aterrorisa-me saber que não consegui pensar em nada de útil para escrever aqui em todo esse tempo, mas foi essa a verdade. Minha resolução para esse ano é tentar diminuir os textos banais, levar minha distração para outros locais. Não que eu queira que isso aqui vire uma coisa seríssima, eu só quero que mais gente chegue aqui através de buscas por coisas legais no google e não por pesquisarem “frases legião urbana” – embora eu adore as frases dessa banda.

Não sei para quem indicar esse meme. Desculpem-me. E obrigada pelas indicações, Anna e Gabriela.

0 thoughts on “Ego

  1. Pois eu acho que você tem que escrever sobre o que der na telha, e não só sobre coisas sérias e relevantes. Ás vezes o que te parecem menos relevantes podem ser bem importantes pra quem lê, viu? E eu tava com saudade! Adorei tuas respostas, nem sabia dessa história de poemas em inglês! Você é uma caixa (colorida!) de surpresas!
    Te amo
    Beijo

  2. Concordo com o comentário anterior! Eu, particularmente, gosto muito de ler posts sobre aleatoriedades que surgem na cabeça das pessoas.
    Beijos!

  3. CHATEADA que meu blog não foi citado hahaha. Brincadeira. ”amymuh” – tou há meia hora rindo disso hahahahaha não que o nome seja engraçado em si, mas quando você fala realmente parece um mugido, daí fica engraçado. Acho o nome do teu blog realmente tua cara e engraçado como você se matou de pensar até conseguir achar um nome que você gostasse – eu, quanto mais penso em uma coisa, menos ideias tenho.
    Tuas resposta são sempre as melhores e as que mais me fazem rir <3

  4. CHATEADA que meu blog não foi citado [2] – Escola Ana Luísa de ciúme. HAHAHAHA.
    Eu amo demás o nome do blog. Acho que é um dos mais criativos.
    Te leio desde o Things that I think, porém desde sempre sou leitora fantasma! SORRY. Acho que sou assim com todos os blogs que eu visito. Leio e…não comento. Mas já que tu disse que escreve para ser lida, então tudo bem! HAHAHA
    Beijo <3

Comentários: