Ficção e Representatividade

Com um namorado pesquisador sobre ficção científica, torna-se impossível não adentrar-se um pouco mais no meio. Percebi logo de início que uma das principais discussões que acontece é em torno da representatividade feminina, visto que na maior parte de filmes de ficção científica as mulheres são subservientes aos homens e seus personagens não tem narrativa própria, sendo supérfluos e/ou submissos.

Bom, isso é verdade em diversos seriados, filmes e livros de ficção científica. Principalmente nos que dizem respeito a super heróis, onde o herói é sempre um ego masculino salvando mocinhas frágeis que, na maior parte das vezes, acabam por se apaixonar ou pelo herói, ou pelo vilão (ou pelos dois).

Porém, tenho visto alguns seriados que mudam um pouco essa chave de pensamento e mostram que é possível mulheres terem pulso forte na ficção científica. As mulheres estão conquistando esse espaço há algum tempo e produções deste ano, como Sense8 e Jessica Jones, são provas vivas disso. Pensando em todas essas coisas, resolvi gravar um vídeo com indicações de cinco séries com mulheres bacanudas, que indico para todas as mulheres que buscam por inspirações decentes para a vida!

One thought on “Ficção e Representatividade

Comentários: