Para alguém MUITO especial!

Sei que já mandei carta, sms, recado no Facebook e Twitter, passei uma era fazendo o presente dela, enchi-a de abraços e morri de peso na consciência por não poder participar de nenhuma de suas festas e sei que o aniversário foi ontem, mas eu acho chato que aniversários durem apenas 24 horas. São dias tão legais, que deveriam ser eternos! E para tentar aumentar um pouco esse dia e fazer um texto inteiro para aquela que, sem dúvidas, é uma das pessoas mais especiais da minha vida, venho aqui dizer que hoje é a terceira parte do #analuday!

Lembro perfeitamente de quando a vi pela primeira vez. Estava sentada no sofá do Cena Hum, ansiosa porque começaria aula numa nova turma e de repente ela entra, com uma blusa de lã vermelha e a cara mais fofa do mundo e eu, imediatamente penso “não sou a única novinha da turma!”. Entramos na sala e na hora da apresentação descubro que ela é dois anos mais velha que eu. Triste, mas nem tanto, porque isso não impediu que nossos santos se cruzassem e iniciássemos uma doce amizade. Ela escreveu um texto sobre a gente em seu blog, intitulado “Owwn” – nossa palavra – e foi assim que vi a vida dela do jeito que é pela primeira vez na vida. Disse que tinha um blog também, que ninguém o visitava e tal e ela virou minha principal leitora. Comentava em basicamente todos os textos, mesmo nos loucos e deprimidos. Sempre me apoiando, dizendo coisas fofas e fazendo com que eu sentisse coisas fantásticas por ela.

Vivemos um semestre maravilhoso, mas eu tive que parar o teatro e ela teve que mudar de turma. Nem assim nos afastamos. Todos os dias conversávamos no MSN, ela dizendo que a peça dela seria fantástica e que a tia Airen – sua ídola – era a melhor professora do mundo. Morro de vontade de ter aula com a Airen por causa dela. Ela veio aqui em casa pra gravar uma entrevista pra faculdade, fui no Cena incontáveis vezes por causa dela. Para abraçá-la e amassá-la. Então o segundo semestre chegou e eu voltaria ao teatro. Minha família estava receosa por eu estudar de noite e foi só eu dizer que a Ana estaria lá que minha mãe perdeu os receios. No primeiro dia, minha mãe foi junto e disse pra Analu cuidar de mim e me disse para sempre ir pra perto dela quando precisasse de algo. Ela nem teria precisado dizer. Já éramos assim. Unimo-nos tão rapidamente que em seu aniversário do ano passado lembro-me de estar no Cena Hum cantando parabéns pra ela todas as vezes que alguém aparecia, enquanto fazíamos com que todos a parabenizassem. Ela estava vermelha, contorcida no sofá, querendo nos bater enquanto morria de vergonha. E quando a peça dela com a tia Airen estreiou, eu fui assistir três vezes e ainda fiquei triste por não ter ido à quarta. Quando começamos a estudar no mesmo horário e na sala vizinha uma a outra, com duas matérias em comum, tudo foi maravilhoso. E até hoje quando penso em não ir ao Cena, logo desisto da ideia, porque é fantástico poder chegar lá e receber o abraço mais gostoso, recheado de um carinho esplêndido e que sempre me deixa com gosto de “quero mais”. Quando ela criou a Máfia e me colocou lá eu nem sabia como me portar, porque nunca me considerei digna daquilo tudo, sempre achei meu blog inferior a todos os outros, mas ela não. Ela sempre me apoiou o tempo todo. Em tudo que eu ia fazer. E ela me apresentou pessoas maravilhosas, do Brasil inteiro, que fazem com que a minha vida seja ainda mais completa! E quando meu professor de matemática ano passado nos fez pensar em pessoas que continuariam ao nosso lado não importa o que acontecesse, a primeira a vir em minha mente foi, obviamente, a loirinha ávida chamada Ana Luisa. Sempre tive certeza absoluta que poderia contar com ela e assim sendo disponho-me sempre que possível a fazer tudo que consigo para fazê-la ainda mais feliz, porque ela merece toda a felicidade do universo.

No fim das contas, nem consigo descrever exatamente quem essa pessoa é para mim, o quanto ela representa para mim. É tanta coisa que nem o dicionário inteiro consegiuria decifrar! Na peça que fizemos juntas, inclusive, um dos meus papéis foi ela mesma! Rio ao lembrar-me e rever o vídeo daquela peça, mas ao mesmo tempo fico feliz e estonteante, porque eu pude um dia ser uma das pessoas que mais admiro.

Ana Luisa, a doce garota loira de olhos azuis e capaz de ser linda inteiramente por dentro e por fora, a que saltita, pula, amassa, aperta, chama de “bebê”, adora um sorvete, tem um mar de amigos e a certeza de tê-los sempre ao seu lado, que morou em três cidades diferentes, que tem uma família gigante, as priminhas mais fofas do mundo e que canta e atua com uma clareza, naturalidade e profundidade incomparáveis, que lê livros fantásticos e escreve textos maravi-lindos, que é ótima amiga e eficaz em tudo que se dispõe a fazer. Ana Luisa o meu exemplo de vida, a que me chama de filhinha e cuida de mim sempre que pode, a que é ciumenta e dócil ao mesmo tempo e que nunca desiste dos sonhos, a que é a Alice + Dee Dee em forma de gente e que sempre me faz sorrir, mesmo quando não está fazendo nada… É para você todo esse texto, grande parte do meu amor e do mérito por eu ainda ter um blog e por ser quem sou atualmente. Eu te amo muito e você sabe disso, sei que sabe. E agora você tem 20 anos, está quase com carteira de motorista na mão e se forma ano que vem já! A vida vai de vento em popa! Não tinha como não ir, tendo uma protagonista como você… Saiba que eu tenho um orgulho imensurável por ser sua amiga e que estarei aqui para sempre disposta a te ouvir e ajudar no que for necessário. Você merece todos os abraços, auras e auroras do universo.

Obrigada por tudo!

0 thoughts on “Para alguém MUITO especial!

  1. Eu sempre me emociono quando você diz o tanto que eu significo pra você. Nunca vou me esquecer do dia que você disse que eu era pra você a ídola que a Airen é pra mim, e que pra você o meu abraço significava o que o dela significa pra mim. Eu adoro você, minha pequenininha. Adoro você pensar que eu sou esse máximo todo, que eu definitivamente não sou. Quem me dera brilhar em tudo o que eu quero fazer. Quem me dera ser tão fofa e apaixonante. Mas é tão mágico saber que alguém tem olhos para te ver assim!
    Agradeço demais ter encontrado você nessa vida, minha filhote revolucionária que não gosta de Friends!
    Te amo tanto, menininha, tanto!
    Morro de orgulho de você!
    E obrigada pelo carinho de sempre!

  2. Que lindo, meu Deus! E ela merece tanto <3 Você não poderia ter arranjado uma "mãe" melhor, não mesmo, hahaha. Espero que um dia eu possa passear por aí e tomar sorvete com vocês duas.

    Beijos, Mayrinha <3

  3. Que texto mais lindo, May! Adorei! Adoro as duas e vocês nem precisam fazer esforço… <3

    P.S. Que LIN-DAS que vocês estão na segunda foto! Arrasaram!

    Beijos

  4. Que lindo, May! É lindo ver toda essa admiração que você sente por ela, imagino que seja próximo do que se sente por uma irmã mais velha querida (o que eu não tenho). E ela merece tudo isso, essa é a melhor parte. Achei que seu depoimento aqui ficou muito emocionante.

    Beijos

Comentários: