Há centenas de dezenas de milhares de universos paralelos pelo mundo a fim de serem descobertos e que dificilmente de fato o são. Falo dos livros. Eu mesma, por diversas vezes, morro de dificuldade para encerrar um livro. O último exemplo disso é Lolita, que demorei quase quatro meses para encerrar a leitura. Porém, recentemente descobri que tenho uma alavanca interna que dispara minha vontade de ler sempre que o mundo real está difícil demais de ser vivido e esta, caros senhores, tem sido a minha realidade, uma realidade falha que necessita de abstenção sempre e na maior parte de tempo possível, pois preocupar-se com problemas de personagens e encantar-se com histórias alheias há muito tempo é melhor do que cuidar da própria vida.

Assim sendo, venho-lhes apresentar os livros lidos no mês de Agosto, que por alguns é considerado o mês do desgosto, mas que para a minha leitura foi um mês de puro amor!

1 – O Segredo de Jasper Jones – Craig Silvey

2 – A Culpa é das Estrelas – John Green

3 – Clube da Luta – Chuck Palahniuk

(Só um pequeno acréscimo: Acho que ontem vi tarefas de algum Clube da Luta sendo realizadas. Um cara parou um carro no meio da rua, com o semáforo aberto e esperou o semáforo fechar, saiu do carro e começou a socar e dar pontapés no próprio retrovisor, depois no pneu e daí o carro em que eu estava foi embora, mas foi assustador. Depois, eu estava numa fila e chegou um cara pedindo pra que as pessoas chutassem o tapume de um político caso fossem votar nele, o que não fazia o menor sentido, e eu infelizmente perdi o resto da explicação, mas bem, devem existir clubes da luta por aqui e caso esse seja o caso, se aceitarem mulheres me chamem por favor)

Comentários: