“Presepadas da Máfia”

(12/17)

Roubei o título do último post da Four.

Primeiro de Abril conseguiu cumprir seu papel de troll, mas fico grata por ter sido troll também!

A Máfia resolveu fazer um meme há um tempão, em que haveria um sorteio para que cada mafiosa escrevesse um texto fingindo ser outra. Ontem foi o post. Não tive um texto por problemas maiores, mas isso não tornou de todo a brincadeira menos divertida, porque eu escrevi para alguém!

No dia em que o sorteio foi feito e vi que tinha tirado a pessoa ri, porque é engraçado como amigos secretos nos unem… Passei um mês tentando pensar em algo útil para escrever e não cheguei a conclusão nenhuma, porque eu gosto tanto dela e do blog dela que não me sentia apta pra fazer parte da coisa, sabem? Mas era o desafio, né. E eu não fujo de desafios. Deixei pra última hora, pra variar e duas horas antes do prazo apagar estava aqui tentando escrever algo. Não conseguia pensar em tema algum, nada me parecia bom o suficiente. Tive um mini-ataque e fui pedir ajuda à Analu, para me dizer um tema aleatório. Ela queria que eu escrevesse sobre Mr. Darcy, mas a pessoa não tinha muito a ver com ele. Não acho que escreveria sobre ele em seu blog, então descartei a ideia. Pensei MUITO e finalmente consegui um tema! Achei que a partir disso tudo seria fácil, mas quem disse. Escrevi a primeira frase 50 vezes. Eu contei. Escrevia, apagava e reescrevia. Tudo porque nunca ficava parecido com algo que a pessoa faria. Daí eu consegui fazer a primeira frase parecida com ela, mas foi só a primeira. Sou completamente fail nessa coisa, minha gente. Senti-me de volta ao Ensino Médio, sendo obrigada a cumprir um método para fazer uma redação e eu não gosto de escrever cheia de barreiras, porque escrevo pra expandir as coisas. MAS, como já disse, esse era o desafio. Com muito esforço e suor consegui 200 caracteres. SÓ isso. Não conseguia mais pensar em nada. Brochei. Fiquei encarando a tela por um tempão pensando no que mais escrever e nada me vinha, daí pensei em fazer uma mixtape, mas Analu disse que seria difícil eu colocar músicas que a pessoa realmente gostasse, então descartei a ideia. Encarei a tela mais um pouco e resolvi pesquisar mais sobre o tema. Nessa altura do campeonato já tinha fugido da proposta totalmente e meu ex-professor de redação já teria zerado meu texto, mas já que estava perto do rio, resolvi me molhar. Consegui ultrapassar 500 caracteres no fim das contas. O texto não ficou a cara dela, não ficou sequer digno, mas foi o melhor que consegui fazer.

Entreguei e ela respondeu dizendo “Tenho quase certeza de quem você é!”. Isso foi super brochante minha gente. Eu me esforcei horrores pra me adequar na proposta e a menina me diz que sabia quem eu era? Daí fui reler o texto e ver onde foi que me entreguei e até agora não sei. Mas as mafiosas, tagarelas como sempre, resolveram palpitar quem tinha escrito o que e surge a Anna Vitória dizendo que tinha CERTEZA que eu tinha escrito pra essa pessoa. Sério, como foi que vocês descobriram? Sei que sou meio óbvia, mas juro que tentei! É o quê? Meu jeito de abordar o tema? Minha construção das frases? O QUÊ???? Aff. Triste.

No fim das contas, queria dizer a todos vocês, queridos leitores, que ontem teve um texto meu no Agora Moro na Lua, da lindíssima Milena Martins, a amiga secreta mais fofa que eu já tive, que me tirou no amigo secreto de natal e agora eu retribuí. Nem perto da altura do presente que ela me deu, mas já foi alguma coisa. Enfim, Milena linda, espero que você realmente tenha gostado do texto e quero te dizer que gosto muito do seu blog e amei a experiência de conhecê-lo mais a fundo. Foi triste não poder comentar nos postes antigaços sem me entregar, mas morri de vontade! Você escreve muito bem, seus textos são ótimos e você nunca deve parar de fazê-los! Sem contar que você é maravilhosa, manda cartas LINDAS pras pessoas e eu morro de vontade de te apertar e conhecer sua parede de fotografias! Peço desculpas por não ter feito um vídeo de revelação, mas realmente não tive condições. Espero que isso seja suficiente! Foi muito bom escrever para você! Conte comigo para o que precisar! Mil beijos, eu!

0 thoughts on ““Presepadas da Máfia”

  1. Que marmelada, ela te tirou no outro e agora você tirou ela <3 Não pode! Hahaha! Que lindas! O seu texto ficou lindo e eu já desconfiava de você também, minha flor. Mas no meu caso foi por causa da dedicação de escrever um post grande e abordar algo tão próximo a realidade dela. Não sei, acho que foi isso. E o texto ficou FODA DEMAIS. Se eu ouvir você falando mais uma vez que não ficou digno, eu peço pra Analu – afinal ela é sua mammys – te dar uns cascudos =D

    Abraços, florzinha (sei que você é movida por eles ^^)

  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHH!
    Eu não achava que fosse você! Tava pensando na Gabs!
    VOCÊ ME TIROU! QUE LINDO! QUE AMOR!
    Agora é oficial: precisamos de um abraço ao vivo.
    Não acredito que você teve todo esse trabalho, May! Que coisa linda! Pode ficar certa que eu AMEI o texto, vou colocar a parte das letras no meu caderno e vou morrer de não poder apertar essas bochechas fofas!

  3. MARMELADA!
    E eu to com a Mi: Eu tinha certeza que aquele post tinha sido escrito pela Gabi Petrucci! Você me enganou, pequenina!
    BEijos, Beijos, Beijos!!

  4. Não sei nada de Teatro Mágico, mas ainda assim gostei muito do texto que fez para a Milena. E também acho que escrevi a primeira frase do meu umas 50, ou melhor, 100 vez hahaha

  5. Tbm concordo que foi MARMELADAAAAAAAAAA. kkkkkkkkkkk mas, falando sério agora, eu acho q meio q imaginei q tivesse sido vc no post da Milena, apesar de ter achado q vc tinha escrito o meu hauhauahuah
    Beijos!

  6. aha, como assim me roubou? hahahaha
    gente, eu adorei esse meme. embora tenha sofrido pra escrever o texto, e embora também EU NÃO TENHA CONSEGUIDO DESCONFIAR DE NADA NEM NINGUÉM hahahahaha

Comentários: