Sobre Amores…

Seguinte: ao contrário de 80% das meninas que eu conheço, não curto ficar falando sobre meus amores. Acho que se tiver três pessoas que saibam de todos eles, é muito. Eu só me lembro de uma, porque eu conto tudo para ela. Enfim, se eu já te contei sobre algum dos meus amores em algum momento, sinta-se privilegiado, não acontece frequentemente.

O fato é que eu sou muito orgulhosa e é absurdamente difícil ver eu admitindo que gosto de alguém, no sentido romântico da coisa. Mais raro ainda é ver eu falando sobre a aparência de alguma pessoa, estipulando um “tipo” ou qualquer coisa assim, na verdade, acho tais atitudes muito banais e é o que mais me irrita nesse universo feminino. As pessoas sempre são julgadas pela aparência que têm, irk.

Estou eu aproveitando minhas férias com meu lindo computador e minha televisão gigante que tem todos os canais legais, a falta do que fazer me levou a recomeçar a decorar a programação da televisão, ultimamente fez-me assistir a “The Big Bang Theory” e tã-dã, encontrei meu namorado perfeito ali.

Bom, confesso que o Jim Parsons (ator) tem seu charme, mas não é ele a personificação do meu namorado, Sheldon Cooper o é.

Sim, ao contrário de todas as pessoas que sempre zoaram os nerds e os encheram o saco, eu os idolatrava! Meu sonho era ser super amiga de algum nerd, porque eu acho o máximo a vida deles, essa coisa toda de ficar estudando e perdendo tempo com jogos inúteis e completamente bobos, acho o máximo. Eu adoro nerds, muito antes de eles virarem modinha e tenho absoluta certeza de que morrerei frustrada se eu nunca namorar um deles, verdade.

Mas o Sheldon não é um nerd qualquer… Ele tem camisetas legais e a cara dele é super expressiva, de um jeito tão lindo e legal que asdfghhjk (pra quem não entende, isso é uma figura de linguagem usada para demonstrar euforia).

Então que o Sheldon inspirou uma das coisas mais toscas que eu já fiz na minha vida, mas depois do post passado e dos próximos que estão na minha mente, parei de me importar com as coisas toscas que falo e começarei a simplesmente falá-las, porque todos têm o direito de fazer isso às vezes.

Aqui vão cinco coisas que meu namorado precisa ter:

1 – Saber falar difícil.

Não existe coisa mais legal no mundo do que gente que tem um léxico apurado. Adoro quando eles começam a falar sobre física e todas aquelas coisas que eu não entendo nem um pouco, é muito legal.

2 – Ter noção de arte.

De nada adianta o cara ser super nerd, saber tudo sobre física e não reconhecer que se caras como Salvador Dali não existissem o mundo seria completamente sem graça.

3 – Senso de humor apurado e boa capacidade de ironização.

Eu sempre ironizo tudo, se a pessoa não captar as ironias, vai ficar complicado. Adoro ironias, são necessárias, assim como piadas espontâneas, há certos comentários que tornam tudo mais divertido.

4 – Gostar de alguma das minhas coisas favoritas.

No caso do Sheldon, ele gosta de “O Senhor dos Anéis” e, ele gosta MUITO e isso é tão legal que nem sei mais o que comentar a respeito.

5 – Camisetas legais e boas expressões faciais.

Sim, porque nerds são maravilhosos, mas eles precisam entender o valor das camisetas, sabem? Camisetas dão muito mais alegria à vida, deixam tudo mais legal. Camiseta lisa é a mesma coisa que leite sem nescau: não tem graça. E expressões faciais? Por favor, né. Eu quero saber o que a pessoa pensa enquanto olho para ela, quero um rosto que mude de acordo com o que ela sente, quero ter certeza que todos os músculos faciais funcionam, sabem? Não quero alguém à lá Kirsten Stweart.

Então bem, é isso. Sheldon Cooper me faz mentalizar um cara perfeito. Não perfeito como o Príncipe Encantado, porque com certeza eu ia me irritar se tivesse um Sheldon do meu lado o dia inteiro, porque ele é muito metódico e cheio de manias e eu demoro muito para me adaptar às manias alheias, tendo em vista que tenho as minhas próprias, que são muitas. Mas bom, ele certamente me faz ficar aqui pensando se algum dia encontrarei alguém com essas cinco características. Não precisa de todas, três delas eu já estou aceitando… Será que é pedir demais?

Mas bem, lógico que essa não é a única maneira em que eu idealizo o tal namorado, há também a forma de ele agir comigo, né. Porque se não for do jeito certo, não vou aturar por muito tempo, é. Aliás, minha amiga diz que meu namorado não pode ser ciumento e que a nossa relação vai ser a seguinte: passaremos uma semana grudados, fazendo absolutamente tudo juntos e depois passaremos uma semana quase sem nos falar, porque eu enjoo das pessoas, gosto do meu tempo livre e de poder ser “apenas eu”, mas segundo essa amiga eu vou sofrer horrores para achar alguém que aceite isso, quem sabe.

Tudo que eu sei é que tenho no mínimo 50 anos de vida ainda e acredito ser tempo o suficiente para encontrar alguém pelo menos parecido com tudo aquilo que eu imagino.

Sheldon Cooper aproves this post.

P.S.: Considere-se feliz caso eu já tenha, por livre e espontânea vontade, te abraçado, encostado, defendido ou demonstrado qualquer sinal de afeto por você, porque se eu fiz isso é porque você é importante para mim de algum modo, caso contrário, você é apenas uma daquelas pessoas das quais eu “suporto”.

0 thoughts on “Sobre Amores…

  1. Ei mocinha! Eu nunca assisti TBBT, mas acho esse cara MUITO fofinho, hahaha. Acredito que assistindo eu vou achar ele o máximo. Mas meu ideal masculino vindo de séries é Totally Ross. Tem cara mais incrível gente? Bobinho, lindo, fofinho, DEVOTO da mulher que ama.. hahaha *_*

    1. Nunca vi friends seguindo a ordem cronológica das coisas, é um dos meus planos pras férias também. Pelos episódios aleatórios que vi, nao achei nenhum deles ícone de masculinidade, quem sabe um dia…

  2. AAAAAAAAAAAAAAAAAAA , ENFIM ALGUEM QUE ME COMPREENDA , o sheldon cooper é tipo mt foooda , meu fetiche mor ! chamam-me de estranha por isso , mas ele é mt fofo *O*

Comentários: