O Ancoragem

          Ancoragem é a junção de diversas palavras. Âncora, que é o objeto náutico utilizado pelos marinheiros no momento de estacionarem seus barcos. Cor que é uma junção de feixes de luz que produzem cores determinadas, ou apenas um acoplado de códigos RGB, dependendo do nicho com o qual você se identifica. Coragem é aquele sentimento que muitas vezes nos falta, levando-nos ao medo, mas que quando aparece nos mostra que somos capazes de superar todo e qualquer obstáculo. E tudo isso, em conjunto, forma Ancoragem: o ato de alçar a âncora e prender-se a um lugar – ato que necessita de coragem e de cor, palavra que para mim representa coisas ligadas ao coração e também toda a arte e leveza que precisamos carregar para seguir com a vida.

          Este site surgiu em 2010 e é inteiramente pensado, escrito e montado por mim, ou seja, Mayra Sousa Resende. Eu sempre gostei de escrever sobre as coisas que leio, assisto, escuto ou faço e gosto de deixar registrado o passo a passo da minha vida. Acredito que, de certa forma, isso é inspirador. Após seis anos de escrita contínua, posso dizer que entrar em contato com os pensamentos primevos a respeito de temas que hoje são essenciais para mim, e que descrevi na cadência do momento neste site, é muito interessante e engrandecedor. Nessas linhas há coisas sobre mim que as vezes eu mesma esqueço e é maravilhoso poder recorrer a este lugar sempre que tento me lembrar delas.

          Na fase atual da vida, os textos reflexivos aparecem em menor frequência, mas as resenhas e opiniões sobre como minha experiência de vida ocorre ainda se faz presente. Busco, através deste espaço, compartilhar a minha existência, pensamentos e modos de ordenar a mente. Além disso, com este lugar construo e mantenho amigos, enquanto me torno cada vez mais amiga de mim mesma. É um exercício que recomendo a todas as pessoas introspectivas: escrever o que quiser em um espaço próprio.

          Continuo a tentar Ancorar em minha própria vida, nos mais variados termos da palavra, e a narrar todas as tentativas, sucessos e fracassos.

          Agradeço a você que, interessado, aqui comparece.

          Quem escreve sou eu, Mayra, 22 anos, graduada bacharel em Ciências Sociais – linha de Antropologia e Arqueologia pela UFPR, especializanda em Mídias Digitais pela UP, mestranda em Informática pela UFPR, amante de cores, seriados, filmes, livros e reflexões emblemáticas.

Skoob – Orangotag – TwitterMediumYoutube – Newsletter

Comentários: