Sony Vegas para Iniciantes

          Brinco com edição de vídeo desde os treze anos, mas só descobri que existiam programas para além do Microsoft Movie Maker (que já vinha nos computadores da época) quando estava no ensino médio e precisava produzir um curta metragem de dez minutos. Na época, baixei o Adobe Premiére e, inocente como sou, nem cogitei procurar por tutoriais. Fucei o programa inteiro e aos poucos fui descobrindo como realizar as coisas que eu gostaria. No fim das contas, o grosso dos afazeres era bem parecido com o do Movie Maker, que eu já dominava.

          Comecei a publicar vídeos no Youtube em 2012 e nunca cogitei editá-los antes de publicar, pois pra mim a ideia era justamente publicar eu falando o que desse na telha. A não edição dava um efeito casual que me agradava, visto que sempre me irritei com vídeos repletos de cortes e hiper montados. Acho que perde um pouco da sensação esperada para “vlogs“. A casualidade e espontaneidade nessas coisas são tão importantes para mim que demorei um bocado de tempo para começar a revisar meus textos antes de publicá-los. Achava que a reescrita prejudicava o fluxo de consciência e que ter alguns erros ortográficos/de concordância/pontuação podiam ajudar na identificação com o leitor. Mas as coisas mudam. Eu comecei a não só revisar meus textos, como planejar o que vou escrever e quando. E decidi seguir o mesmo processo também para com os vídeos.

          Foi assim que eu resolvi criar:

  • Uma vinheta
  • Uma marca d’água
  • Uma página final indicando vídeos anteriores

          E eu juro que até dois meses atrás não fazia a menor ideia de por onde começar isso. Mas Willian resolveu ter seu próprio canal, começou a se interar nessas coisas e a me motivar para fazer o mesmo. Foi assim que eu resolvi que dessa vez testaria um programa diferente. Veja bem, não é que eu não tenha gostado dos anteriores, mas sempre ouvi falar que o Vegas era mais prático e potente. Então baixei. Foi uma das primeiras vezes na vida que consegui baixar e instalar um programa sozinha, e me senti bastante orgulhosa do feito.

          De novo, o programa já era um tanto parecido com os outros que eu já conhecia – pelo menos nas coisas básicas. Mas dessa vez eu resolvi que pesquisaria tutoriais para me ensinar a fazer as coisas pontuais que eu queria e para ir melhorando minhas habilidades. Ainda tenho muito a aprender, mas as maravilhas dos tutoriais gratuitos do Youtube têm me ajudado bastante e a cada vídeo em que testo algo diferente, me sinto mais orgulhosa de mim e um pouco auto-didata também. Acabou que para além da diversão de gravar e publicar os vídeos, comecei a aproveitar a diversão de editá-los.

          Vou compartilhar com vocês uma playlist de tutoriais que têm me ajudado muito! Espero que ajudem a vocês também!

O Tecnodia tem tutoriais de diversos programas e outras coisas também! Vale muito apena dar uma olhada!

Comentários: