Vocabulário Útil

Como discussões de gênero são a moda do momento e a cada dia surgem mais pessoas interessadas no assunto, resolvi fazer um glossário com os principais termos para ajudar os iniciantes nas discussões! Tentei ser imparcial na descrição de cada grupo de pessoas, limitando-me a uma descrição e não a uma dissertação. Tais explicações, significados, seja lá o nome que isso tenha, foram construídas a partir de pesquisas online em diversos sites e também através da minha experiência e da minha maneira de depreender as informações às quais tive acesso. É possível que eu tenha me equivocado na designação de algum dos termos e caso isso tenha ocorrido, peço para ser avisada a fim de tentar corrigir o erro. Minha intenção é meramente informativa, porque eu acredito que é impossível que as pessoas passem a pensar de maneiras diferentes caso elas nunca tenham tido um contato básico com o diferente.

Sexo – Refere-se à designação biológica do órgão sexual presente na pessoa. Vagina = mulher, pênis = homem.

Gênero – Construção social feita sobre o sexo existente.  Ex: “feminino” e “masculino”.

Identidade de Gênero – Refere-se à designação psicológica que cada indivíduo faz de seu próprio sexo, podendo ou não ser condizente com o sexo do indivíduo. Ex: mulher que se reconhece como homem; homem que se reconhece como mulher; homem que se reconhece como homem; mulher que se reconhece como mulher.

Papel de Gênero –  Forma com a qual a cultura se relaciona com o gênero. Ex “papel da mulher é ficar em casa e do homem é trabalhar”.

Homem – Indivíduo humano e masculino (nasceu com pênis).

Mulher – Indivíduo humano e feminino (nasceu com vagina).

Gay – Termo referente à homossexuais, passível de ser utilizado tanto para homens quanto para mulheres, porém com uso mais comum referente a homens homossexuais.

Lésbica – Termo referente à mulheres homossexuais.

Travesti – Indivíduo que passa parte de seu dia, ou o dia inteiro, caracterizado como sendo pertencente ao sexo oposto do de seu nascimento. Não necessariamente submete-se a processos cirúrgicos ou caracteriza-se como transsexual, como é o caso do cartunista Laerte (que se reconhece como homem, é heterossexual e ainda assim se traveste regularmente).

Transgênero – Incompatibilidade entre o sexo biológico e a expressão de gênero do indivíduo.

Cis-gênero – Indivíduos cuja identidade de gênero corresponde à designação biológica de seu sexo.

Orientação Sexual – Refere-se ao gênero ou sexo pelo qual o indivíduo se atrai. Ex: mulher que se reconhece como homem e se atrai por outra mulher; mulher que se reconhece como homem e se atrai por outro homem; homem que se reconhece como mulher e se atrai por outro homem; homem que se reconhece como mulher e se atrai por outra mulher;  homem que se reconhece como homem e se atrai por outro homem;  homem que se reconhece como homem e se atrai por outra mulher; mulher que se reconhece como mulher e se atrai por outra mulher; mulher que se reconhece como mulher e se atrai por outro homem.

Homossexualismo – Prática de ato sexual entre indivíduos do mesmo sexo, independente de seu gênero ou orientação sexual. Ex: homem que se reconhece como mulher e se atrai por outro homem; homem que se reconhece como homem e se atrai por outro homem; mulher que se reconhece como homem, mas se atrai por outra mulher; mulher que se reconhece como mulher e se atrai por outra mulher.

Heterossexualismo – Prática de ato sexual entre indivíduos de sexos opostos, independente de seu gênero ou orientação sexual. Ex: homem que se reconhece como mulher, mas se atrai por outra mulher; homem que se reconhece como homem e se atrai por outra mulher; mulher que se reconhece como homem e se atrai por homens; mulher que se reconhece como mulher e se atrai por mulheres.

Bissexualismo – Atração sexual para com indivíduos de ambos os sexos, independente de seu gênero.

Pansexualismo – Atração sexual para com indivíduos de todos os sexos e gêneros.

Transsexual – Indivíduo transgênero que busca tornar seu corpo condizente com sua identidade de gênero. Ex: indivíduo biologicamente feminino, que se reconhece como masculino e modifica seu corpo para tal; indivíduo biologicamente masculino, que se reconhece como feminino e modifica seu corpo para tal.

Heternormatividade – Refere-se à divisão implícita do universo entre “masculino” e “feminino”, no qual todos os pensamentos são orientados sob a perspectiva desta divisão e assim tudo que se difere disso acaba por ser marginalizado. Ex: Ignorar a identidade de gênero e classificar o indivíduo automaticamente como sendo “macho” ou “fêmea”, como se tal divisão enquadrasse automaticamente todas as pessoas; designar funções sociais baseando-se na divisão sexual, como se só por ter nascido de tal maneira você fosse automaticamente apto a realizar determinada atividade.

Patriarcalismo – Sociedade na qual o poder é centralizado unicamente nas mãos masculinas, que fazem tudo enquanto suas mulheres cuidam da casa e dos filhos.

Feminismo – Refere-se a um sistema que visa a igualdade entre direitos civis e sociais perante todos os gêneros, tornando-os livres dos padrões opressores baseados em normas de gênero e herdados do patriarcalismo, baseando-se em diálogo, compreensão mútua e conquista por direitos. Visando uma libertação tanto da mulher, quanto do homem.

Femismo – Uma radicalização do feminismo, que prevê uma mudança da supremacia, transformando a sociedade em matriarcal, para pagar a dívida histórica para com os homens e a partir disso criar uma identidade feminina e só então buscar por igualdade.

Machismo – Ideologia segundo a qual o homem domina a mulher.

Masculinismo – Refere-se à luta por direitos e deveres civis iguais perante os sexos e gêneros. Ex: alistamento ao exército; pagamento de pensão

Misoginia – Ódio ou desprezo ao sexo feminino.

Misandria – Ódio ou desprezo ao sexo masculino.

Androcentrismo – Ato de considerar a história do mundo como tendo sido construída unicamente por indivíduos do sexo masculino, sendo desconsideradas a sabedoria e experiência femininas. Ex: reduzir a humanidade ao termo “homem” como se isso representasse a todos e reafirmasse a posição do sexo masculino como centro do universo. (Razão pela qual é utilizado “x” nas palavras que mudariam de acordo com o gênero gramatical a qual pertencem. Maneira de tornar a gramática mais inclusiva.)

Gordofobia – Aversão à indivíduos que não pertencem ao padrão de beleza imposto pela sociedade.

Islamofobia – Aversão à indivíduos pertencentes à região geográfica do Oriente Médio e/ou a religiões islâmicas.

Transfobia – Aversão à indivíduos transsexuais.

Homofobia – Aversão à indivíduos homossexuais.

Vadia – Termo ironicamente utilizado para criticar o fato de determinadas roupas e padrões de comportamento dizerem mais sobre a mulher do que ela mesma. Refuta a ideia de que por estar com saia curta a mulher pode ser considerada alvo de desrespeito e/ou agressão ou que a opinião de uma mulher deve ser desconsiderada por causa de sua vida sexual/vestimenta/aparência/etc. Usa-se o termo “vadia” justamente para contradizer tudo aquilo que o termo “vadia” significa, a fim de tentar criar uma conotação positiva para ele.

Queer – Termo inglês utilizado para tratar pejorativamente os homossexuais (como “bicha” para o português), que também passa por um processo de ressignificação na qual acaba por nomear um grupo de pessoas que têm o intuito de romper com a ordem heterossexual imposta pela sociedade contemporânea, tornando os espaços mais inclusivos para aqueles ainda deslocados, buscando agregar todos os sexos e gêneros em um mesmo espaço de discussão.

Esses foram os termos referentes às discussões de gênero que eu consegui me lembrar e que eu tive clareza o suficiente para me aventurar em explicar. Caso haja mais algum termo ou tenha algo errado ou pássivel de ser melhor explicado, avisem-me!

0 thoughts on “Vocabulário Útil

  1. Aplausos MayMay! Muito bom, alguns termos eu ja conhecia, mas outros acabei conhecendo aqui. Você é incrível criança! ♥

    beijos

    ps.: a Fran falando palavrão aí em cima ♥

Comentários: