Hoje as pessoas da minha sala estavam conversando sobre o que os pais delas fazem e panz…

Aquelas pessoas nasceram com o futuro certinho, tudo programado.

Sabe, se elas quiserem parar de estudar, elas têm dinheiro para isso. Se quiserem passar 3 anos na Rússia, elas têm dinheiro para isso.

E enquanto elas falavam de todas as coisas que as famílias têm e de todas as coisas que elas podem fazer se quiserem, percebi que eu não posso.

Que enquanto elas estiverem passando férias em Bahamas, eu terei que estar aqui, trabalhando em algo bem medíocre, porque mesmo que eu sonhe alto, não ajo o suficiente nem para conseguir algo baixo.

Percebi o quão submissa eu sou, o quão passiva eu sou.

Sabe, eu percebi que aquele não é o meu lugar.

Aquelas não são as pessoas certas para me acompanharem durante minha vida inteira.

Percebi que mais uma vez estava no lugar errado, na hora errada.

E o principal: percebi que perto daquelas pessoas, que são tão legais e normais, eu não sou nada.

Porque a sociedade nos impõe isso.

E que mesmo minha mãe sendo um anjo por me deixar na escola mais cara da cidade e a mais renomada e panz, talvez ela esteja dando um tiro no pé. Talvez isso só piore as coisas. Talvez seja isso que me fez ser como sou.

Eu devia ter continuado a estudar em uma escola pública qualquer, porque mesmo ela dizendo que eu sou super inteligente, sei que e não sou. Sei que eu não me esforço e nem me importo com isso. Sei que 70% do dinheiro gasto na escola, está apenas sendo disperdiçado. Pena que ela não acredita em mim.

Eu queria fugir daqui. Pra bem longe, para onde eu pudesse ser quem eu quisesse. Para onde as pessoas que realmente se importam comigo, aquelas que me completam, pudessem estar bem ao meu lado.

“Wrong, wrong, wrong, wrong
I was born with the wrong sign
In the wrong house
With the wrong ascendancy
I took the wrong road
That led to the wrong tendencies
I was in the wrong place at the wrong time
For the wrong reason and the wrong rhyme
On the wrong day of the wrong week
I used the wrong method with the wrong technique
Wrong
Wrong

There’s something wrong with me chemically
Cannot be something wrong with me inherently
The wrong mix in the wrong genes
I reached the wrong ends by the wrong means
It was the wrong plan
In the wrong hands
With the wrong theory for the wrong man
The wrong lies, on the wrong vibes
The wrong questions with the wrong replies
Wrong
Wrong

I was marching to the wrong drum
With the wrong scum
Pissing out the wrong energy
Using all the wrong lines
And the wrong signs
With the wrong intensity
I was on the wrong page of the wrong book
With the wrong rendition of the wrong hook
Made the wrong move, every wrong night
With the wrong tune played till it sounded right yah
Wrong
Wrong

Wrong

I was born with the wrong sign
In the wrong house
With the wrong ascendancy
I took the wrong road
That led to the wrong tendencies
I was in the wrong place at the wrong time
For the wrong reason and the wrong rhyme
On the wrong day of the wrong week
I used the wrong method with the wrong technique”

Wrong – Depeche Mode

Comentários: